Strans realizará Audiência Pública para debater as Propostas para a Mobilidade Urbana de Teresina

A Prefeitura de Teresina, através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), realizará, no próximo dia 23 de novembro, terça-feira, das 10h às 12h, uma Audiência Pública para debater sobre as Propostas para Mobilidade Urbana de Teresina, para construção e elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina (PDMUS).

Elas estão organizadas em eixos, com seus respectivos objetivos e prazos de implantação. A realização desta Audiência é uma etapa de grande relevância para a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina – DPMUS, pois se discutirá com a população se as intervenções atendem às demandas prioritárias da sociedade. Com isso, o PDMUS poderá ser indutor de geração de benefícios econômicos, sociais e ambientais para todos.

Na última audiência pública, realizada no dia 29/09, na ocasião, foi apresentado à população o Diagnóstico da Mobilidade Urbana de Teresina com os resultados das pesquisas e levantamentos de campo realizados, que retrataram um panorama das principais características e dos problemas relacionados aos deslocamentos pela cidade.

O Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina (PDMUS) está sendo desenvolvido por meio da Strans e será o principal instrumento de planejamento dos sistemas de circulação e transporte de Teresina pelos próximos anos, contendo objetivos, metas e ações estratégicas relacionadas à mobilidade urbana, a curto, médio e longo prazo (5, 10 e 20 anos).

A arquiteta da Strans, Lívia Macêdo, explica que o Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável, abrangerá todo o município de Teresina, zona urbana e rural, considerando a inserção da cidade na Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) da Grande Teresina. Diferentemente das abordagens tradicionais de planejamento de transporte, considerando os aspectos da Política Nacional de Mobilidade Urbana, que prioriza os modos de transporte não motorizados e o transporte público, viabilizando um modelo de desenvolvimento urbano sustentável nos aspectos econômico, ambiental e social.

“O Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina levará em conta a mobilidade e acessibilidade de todos os grupos populacionais, especialmente os de menor renda, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, idosos e mulheres, desenvolvendo uma cidade mais justa e acessível”, destaca a arquiteta da Strans, Lívia Macêdo.

A participação na audiência pública é aberta à sociedade civil, representantes de entidades, sindicatos, usuários dos transportes, estudantes, empresários, membros de órgãos públicos, da população em geral.

O relatório do Diagnóstico da Mobilidade Urbana de Teresina já está disponível para consulta, no site do PDMUS, através do link disponível abaixo.

http://www.pdmus.pmt.pi.gov.br/?page_id=7

A previsão é que a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Teresina seja finalizado em janeiro de 2022.

A audiência pública, que será realizada de forma híbrida (presencial e remota), acontecerá na Câmara Municipal de Teresina (CMT), com transmissão via Yotube pelo canal da Câmara. O acesso de visitantes será de forma prioritariamente remota, devido às medidas sanitárias relacionadas à pandemia da COVID-19.

%d blogueiros gostam disto: