Prefeitura de Teresina apresenta Relatório de Gestão na Câmara Municipal


A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão (Seplag), vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), por determinação do prefeito Dr. Pessoa, apresentou nesta terça-feira (28) à Câmara Municipal, em uma audiência pública, o Relatório de Gestão Preliminar 2022, conforme a Instrução Normativa nº 01/2022 do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

Fotos: Ascom Semplan

Estavam presentes na ocasião a equipe de planejamento municipal, composta pelo secretário municipal, João Henrique Sousa e o secretário executivo Jivago Gonçalves, acompanhados da equipe técnica, juntamente com os gestores Allan Cavalcante, Kennedy Glauber e Welton Bandeira, respectivamente, secretário da Semcaspi (Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas), presidente do IPMT ( Instituto de Previdência do Município de Teresina) e superintendente de ações centralizadas da região Norte (Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Norte). “Nós cumprimos uma determinação legal feita pelo Tribunal de Contas do Estado, onde é determinado que a Prefeitura entregue até o dia 28 de fevereiro a prestação de contas e as ações ocorridas no ano passado, 2022”, explicou o secretário de planejamento, João Henrique Sousa.

Dentre as obras destacadas estão a Galeria da zona Leste; a Casa da  Mulher Brasileira; o projeto de Urbanização da Vila da Paz; a Ponte Universidade Federal do Piauí; e a Reforma do Mercado do Peixe. “O material que nós fizemos entrega hoje à Câmara tradicionalmente é uma apresentação preliminar, porque ela não está ainda com os meses de novembro e dezembro. Então, até o início de abril, nós estaremos trazendo a prestação de conta definitiva. Mas o atual Relatório já representa 90% do todo”, complementou o secretário João Henrique Sousa.

O relatório foi apresentado pelo secretário executivo de planejamento estratégico e gestão, Jivago Gonçalves.“Fizemos uma apresentação técnica das iniciativas que a Teresina fez no ano passado. Dizemos que é parcial, pois não concluímos os meses de novembro e dezembro, diante dos trâmites internos. Até o início de abril, traremos o livro completo com a prestação total. Dessa forma, cumprimos os prazos de lei estabelecidos pelo Tribunal de Contas e demais órgãos de controle, conforme determinação do prefeito Dr. Pessoa”, reiterou.

O presidente do IPMT  realizou também a prestação de contas do órgão, referente as ações de 2022. “Entendemos desde o início que precisávamos de uma gestão de resultados, com objetividade nos direitos e garantias dos servidores municipais, conforme as orientações do prefeito Dr. Pessoa. Como uma autarquia, buscamos gerenciar o instituto de forma a garantir efetividade em nossas ações”, explicou Kennedy Glauber.

Deixe um comentário