Miguel Leão mobiliza população em caminhada contra o abuso sexual em 2016

Com o objetivo de mobilizar a comunidade sobre um problema que a cada dia se torna mais preocupante, a prefeitura de Miguel Leão – PI, na gestão da prefeita Joel de Lima, através da Secretaria da Assistência Social promoveu na manhã da última quinta-feira (18), uma caminhada pelas principais ruas da cidade, contra o abuso sexual de crianças e adolescentes.

A mobilização é nacional. Há 13 anos, o dia 18 de Maio foi instituído, através da Lei Federal nº 9.970/00, como “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Criança e Adolescente”. Este dia foi escolhido porque no ano 1973, em Vitória (ES), uma criança de 8 anos foi raptada, estuprada e assassinada por jovens de classe média alta. O crime ficou conhecido como “Caso Araceli” e até hoje está impune.

A manifestação em Miguel Leão começou no início da cidade, percorreu as ruas principais do município e foi encerrada com um grande ato no centro. Ali, foi prestada uma homenagem a todas as crianças que já tiram seus direitos violados.

Participaram da caminhada, estudantes, servidores da educação, câmara de vereadores, assistência social e população em geral. A concentração foi iniciada em frente sede do Cras. “É muito importante que todos se juntem a essa luta em defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes. As pessoas não podem se calar. Devemos denunciar e não permitir que um crime hediondo seja cometido contra nossas crianças e adolescentes. A cidade de Miguel Leão está fazendo a sua parte”. Afirmou o Prefeito Joel de Lima.

A denúncia é um importante instrumento de intervenção da sociedade no sentido de coibir a prática do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes. O Disque 100 funciona diariamente, das 8 às 22h, inclusive nos finais de semana e feriados. Qualquer pessoa pode utilizar o serviço – adultos, crianças e adolescentes – e é garantido o anonimato.

%d blogueiros gostam disto: