Assaltos viram rotina em Água Branca e população vive assustada

Os constantes assaltos que estão acontecendo em Água Branca e demais cidades do Médio Parnaíba Piauiense, estão deixando a população apavorada. Em Água Branca, mais um assalto a mão armada aconteceu por volta de meia-noite desta Quinta-feira, 3 de Agosto, quando duas pessoas foram baleadas na Praça Coronel Jesuíno Monteiro, região da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Segundo informações de testemunhas, dois homens tataudos e em uma moto, chegaram com arma em punho e anunciaram o assalto. Uma das vítimas tentou reagir e um dos criminosos começou a atirar. Um senhor de nome Ecídio foi atingido com um tiro na região da mandíbula, já o seu filho, Samuel, foi alvejado no ombro e no abdômen. Os criminosos ainda levaram os celulares das vítimas. Os assaltantes usavam capacetes, mas um deles retirou na hora de praticar o assalto. Após cometeram o crime, a dupla de criminosos saiu com destino ignorado. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital de Urgência de Teresina – HUT, onde encontram-se fora de perigo de perderem a vida. Os bandidos tatuados levaram os celulares do pai e do filho baleados.

É nececessária uma ação mais forte da polícia junto aos usuários de motocicletas em Água Branca, pois cerca de 95% dos assaltos são cometidos por pessoas que usam motocicletas. Em nossa cidade não há fiscalização em cima desses veículos, que conduzem pessoas sem habilitação, sem capacete, com três ou quatro pessoas em cima das motos, em alguns casos conduzindo crianças no colo e com esses veículos com cadrons produzindo barulho ensurdecedor, varando as madrugadas e perturbando o sossêgo público. Menores de idade também “fazem farras” com motoclicletas em Água Branca, sem nenhuma ficalização por parte da polícia, chegam até a empinarem pneus nas principais ruas e avenidas. Quando fazem blitz é em cima de carros e o único objetivo é o de arrecadar dinheiro para as contas do Governo do Estado com a possibilidade destes estarem com IPVA atrasado ou com multas sem serem pagas. Não é função da polícia arrecadar dinheiro para o Governo, mas ela está sendo usada para isso. É necessário que a polícia seja mais compromissada com a sociedade que paga seus impostos e está carente dos serviços de segurança pública, focando na condição de prevenir o crime e não em arrecadar dinheiro para o Governo de Wellington Dias (PT).

A Prefeitura de Água Branca também tem que fazer sua parte. Já chegou a hora de ser criada uma guarda municipal para ajudar na prevenção e no combate ao crime. Chega de tanta inércia no tocante a segurança pública!

Os postos de gasolina de Água Branca agora estão fechando as 21 horas, o medo também passou a fazer parte dos empresários desse ramo, até donos de quitandas estão colocando grades em seus pequenos estabelecimentos comerciais. 

É também sabido que 95% dos crimes são praticados por pessoas de outras cidades. Água Branca é polo regional, tem nove outras cidades em seu entorno e com suas sedes a poucos quilômetros da Capital Econômica do Médio Parnaíba. Se faz portanto necessária uma ação conjunta com os policiais lotados nas cidades circunvizinhas, além de um cadastro na internet contendo dados e imagens das pessoas que já foram presas mais de uma uma vez na região cometendo delitos, assim facilitaria a indentificação rápida dos criminosos e a elucidação dos crimes.

%d blogueiros gostam disto: