Aulas presenciais passam a ser obrigatórias na rede de ensino do Piauí

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) anunciou, nesta quarta-feira (13), a retomada obrigatória dos estudantes às aulas presenciais para todas as modalidades e etapas de ensino, iniciando com a 3ª série do Ensino Médio, a partir do dia 18 de outubro. Até então, a presença era opcional às famílias.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, o retorno presencial vem ocorrendo gradativamente nas escolas da rede estadual desde o início do segundo semestre deste ano, respeitando os protocolos de segurança e em diálogo constantes com as famílias, as escolas e os profissionais de educação.

“O Governo do Piauí e a Seduc, dando continuidade ao retorno seguro das atividades escolares de forma presencial, com essa medida avança mais ainda na volta do estudante ao chão da escola. Para tomar essa decisão, avaliamos os índices da doença, como a redução de casos e ocupação dos leitos hospitalares; e também levamos em conta o avanço da vacinação da população, em especial os profissionais da educação e adolescentes. Aqui no Piauí, temos professores e outros trabalhadores da educação com as duas doses da vacina e mais 130 municípios já iniciaram a imunização de adolescentes. Esse cenário, as últimas recomendações do COE e os investimentos que estamos fazendo para que as unidades de ensino cumpram os protocolos nos trazem segurança para ampliar o número de estudantes de forma presencial nas escolas”, destacou.

18 de outubro 2021 ? a 3ª série do Ensino Médio, em todas as modalidades e suas respectivas etapas;

25 de outubro de 2021 –  o 5º e 9º anos do Ensino Fundamental;

1ª de novembro de 2021 – 1º, 2º, 3º, 4º, 6º, 7º, 8º anos do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, a partir do dia 1º de novembro de 2021.

Com a nova medida, as unidades de ensino da rede estadual deverão organizar suas atividades pedagógicas com cinco dias de atividades presenciais para a 3ª série do Ensino Médio e 9º ano do Ensino Fundamental e para as demais séries do Ensino Médio e Ensino Fundamental serão quatro (04) dias de aulas presenciais e um (01) com abordagem remota.

Para garantir a segurança e a ampliação do retorno às aulas presenciais, todos os protocolos sanitários, como uso obrigatório de máscara, distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas, higienização frequente das mãos e outras medidas exigidas pelos protocolos emitidos pelo Comitê Técnico do Centro de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) serão mantidos.

“A rede estadual já retornou para o chão da escola, adotando a abordagem híbrida, mas na segunda-feira, dia 18, voltaremos com as aulas 100% presenciais para estudantes da 3ª série do Ensino Médio. Vamos priorizar inicialmente esse público, porque estão se preparando para o Enem. Na sequência, retornamos com as demais séries.  Até lá, temos mais umas semanas para finalizar a preparação e organização para esse retorno”, explicou.

A volta presencial às aulas só não será obrigatória aos estudantes que apresentarem um pedido formal que, após análise das escolas, tenha autorização para continuar em atividade remota. “As superintendências de ensino e as gerências regionais irão acompanhar de perto o retorno, principalmente aquelas escolas e estudantes que não conseguirem voltar. Nosso objetivo é garantir o direito à educação, garantir a permanência dos estudantes na escola e garantir aprendizagem de todos os estudantes da rede”, reforçou o secretário.

Desde o início da pandemia, o Governo do Piauí, por meio da  Seduc, vem se empenhando para promover o avanço na retomada das atividades presenciais nas escolas de forma segura.

Ano letivo – Em 2021, as aulas começaram em 1º de fevereiro, de forma remota. Desde o dia 09 de agosto, a Seduc autorizou o retorno presencial de todas as etapas e modalidades, adotando abordagem híbrida e respeitando o limite de 50% da capacidade de atendimento de cada escola. O retorno foi organizado por meio de grupos prioritários, iniciando com a 3ª série do Ensino Médio, VII  Etapa EJA, 9º ano no Ensino Fundamental, V Etapa da EJA e 5º ano do Ensino Fundamental.

Estratégias de ensino – Entre as plataformas utilizadas, os alunos têm acesso a transmissões via Canal Educação, TV Antares, Google Meet, Zoom, WhatsApp e, além disso, as escolas estão produzindo material impresso. As unidades de ensino também tiveram total autonomia para planejar e implementar novas estratégias, de acordo com suas especificidades. A distribuição de 180 mil chips com internet para os estudantes da rede é uma das novas ações que auxiliam nas aulas remotas. Além disso, a Seduc Piauí abriu licitação para aquisição de 10 mil tablets. O investimento beneficiará estudantes da 3ª série do Ensino Médio regular e VII etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Avaliação – A rede também tem um plano de reforço: JUNTOS PARA AVANÇAR. De fevereiro a abril, os estudantes revisaram o conteúdo da série que cursaram em 2020. Nos meses de maio e setembro, os alunos da rede estadual fizeram a primeira avaliação diagnóstica. Aqueles que apresentaram deficiência participam de reforço com atividades sugeridas pelas escolas.

Atualmente, 512 escolas estaduais então funcionando com o sistema híbrido e 147 remoto. São 59.794 estudantes atendidos de forma híbrida e 162.431 de forma remota.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: