Prefeito é denunciado ao Tribunal de Justiça

O Prefeito de Angical, Jonaldes Gomes Alves, foi denunciado dia 27 ao Tribunal de Justiça pelo Ministério Público do Estado por incitação ao crime, desacato, desobediência e resistência. O prefeito foi preso em flagrante na terça feira de carnaval (21/02). O processo foi distribuído a 1ª Câmara Especializada Criminal e tem como relator o desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar que deverá enviá-lo a Procuradoria Geral de Justiça para parecer.

Entenda o caso

 
Jonaldes Gomes Alves(Imagem:Reprodução)
Imagem: Reprodução Jonaldes Gomes Alves

O prefeito de Angical foi preso na terça feira de carnaval (21/02) após atirar um pacote de maizena no rosto do sargento de polícia Airton Avelino de Sousa, comandante do Grupo de Policiamento Militar de Angical e agredi-lo com palavrões, Jonaldes foi algemado, preso e conduzido até a Delegacia de Polícia.

A confusão começou quando o sargento mandou desligar um equipamento de som nas proximidades da festa que acontecia na praça principal da cidade. Inconformado, o prefeito que apresentava visíveis sinais de embriaguês,começou a agredi-lo com palavrões e terminou por atirar um pacote de maizena no rosto do policial, que ato contínuo lhe deu voz de prisão.

Após ser conduzido para a Delegacia e autuado em flagrante, Jonaldes Gomes Alves foi liberado(Imagem:Reprodução)
Imagem: ReproduçãoApós ser conduzido para a Delegacia e autuado em flagrante, Jonaldes Gomes Alves foi liberado

Após ser conduzido para a Delegacia e autuado em flagrante, Jonaldes Gomes Alves foi liberado.

Jonaldes alegou que foi vítima de abuso de autoridade por parte dos policiais, disse que eles foram quem cometeram excessos.

Fonte: GP1

%d blogueiros gostam disto: