Suspeitos de matarem professor de Batalha-PI a facadas são capturados em Barras

Um homem foi preso e um menor foi apreendido nessa quinta-feira, 8 de Abril de 2021, por suspeita de participarem da morte do professor Marcílio Augusto do Nascimento Borges, de 42 anos, em Barras,  cidade do norte do Piauí.

O delegado Alisson Landim, da Polícia Civil de Barras, afirmou que apesar do inquérito sobre a morte do professor da cidade de Batalha, Marcílio Borges, não ter sido concluído, a motivação foi patrimonial. Barras fica a 38 Km de Batalha.

“Nos crimes patrimoniais é comum que o juiz defina que o motivo foi a busca pelo “lucro fácil”. Isso faz, inclusive, que a pena seja aumentada. Isso significa que não houve motivação sexual, como se especulou inicialmente”, detalhou.

Ainda de acordo com o delegado, duas pessoas estão envolvidas. Um suspeito foi encaminhado à penitenciária de Esperantina e o outro, que é menor, foi conduzido para o Complexo de Defesa da Cidadania (CDC), em Teresina, onde aguardará designação da Justiça.

“Pelas investigações, apenas os dois estão envolvidos, mas o inquérito ainda não foi concluído”, disse o delegado.

O delgado também não respondeu sobre a premeditação do crime. O que se sabe é que a vítima foi atraída para Barras por um dos envolvidos. O professor encaminhou para um amigo um áudio com a voz de um dos suspeitos o convidando para ir participar de um churrasco em Barras.

Marcílio foi diretor das Unidades Escolares Conselheiro Saraiva e Dedila Melo e se destacou na área cultural, tendo seu ápice no Grupo Cultural Arraia dos Matutos, grupo que conquistou incontáveis títulos Piauí afora.

(*) Com informações do Longah

%d blogueiros gostam disto: