Semec realiza evento Setembro Azul no Parque da Cidadania

Com a apresentação de vídeos e apresentações de crianças surdas, atendidas pelas escolas da rede municipal de ensino, a Secretaria Municipal de Educação – SEMEC realizou no último sábado (25), uma ação no Parque da Cidadania com a presença de educadores, pais, alunos e comunidade.

Setembro é o mês da visibilidade da Comunidade Surda Brasileira, quando várias iniciativas acontecem em todo o país para conscientizar sobre a importância da inclusão e comemorar as conquistas da comunidade surda.

A programação teve início com as boas-vindas, através dos professores interpretes da Semec. Em seguida, os alunos da rede municipal mostraram o que já aprenderam em sala de aula, através da comunicação de sinais. Os alunos das turmas de bilíngues da Semec realizaram apresentações em vídeo, demonstrando situações que acontecem no dia-a-dia, enfrentando todas as dificuldades de comunicação, no diálogo com quem não entendem a linguagem. Os vídeos foram criados e dirigidos pelos próprios alunos das turmas. “São turmas que contam com pedagogo, psicólogos, servidores públicos, estudantes, todos que se inscreveram nas turmas ofertadas pela Semec. Na verdade, saber libras, nem que seja o básico, já contribui bastante com o dia-a-dia de muitas pessoas”, ressalta o secretário executivo de Ensino da Semec, professor Kleyton dos Santos.

“O evento teve como objetivo promover a conscientização da sociedade sobre a acessibilidade do surdo ao trabalho, à educação e à saúde, possibilitando assim melhores condições de vida, dignidade e cidadania; bem como divulgar as conquistas obtidas pela comunidade surda ao longo dos anos. A Semec irá sempre ofertar cursos para formação bilíngue para surdos”, disse a coordenadora da Educação Inclusiva da Semec, Amanda Kárdia, acrescentando que a coordenação está acompanhando de perto todas as ações desenvolvidas junto às escolas da rede municipal.

O professor Luiz Cláudio da Universidade Federal do Piauí, que é surdo, participou do evento a convite da Semec e disse que se sentia muito feliz em poder contribuir com a comunidade surda do Estado do Piauí. Ele contou um pouco de sua história. “Projetos como estes é de extrema importância para a formação das crianças. Eu enfrentei algumas dificuldades, mas alcancei meu objetivo. Espero que os familiares de cada criança, tenham interesse em aprender a se comunicar com estas pessoas que são surdas. Nós, nos sentimos mais próximos e principalmente, ouvidos e entendidos. Eu recordo de minhas dificuldades e hoje, olho para as crianças e vejo que estão interagindo, tendo oportunidade de aprender mais sobre sua língua. Desejo que a cada dia possamos conquistar mais espaços”, espera Luiz Cláudio.

%d blogueiros gostam disto: